Mostrando postagens com marcador açafrão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador açafrão. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

arroz como eu faço ... como eu gosto


o arroz é um cultivo, fundamentalmente, asiático.

no japão, o arroz é cultivado há muito tempo, aproximadamente 7.000 anos e nas filipinas, os arrozais de banaue, existem faz 2000 anos. os terraços para o cultivo do arroz em banaue, são enormes degraus esculpidos nas montanhas de ifugao, a 1500 metros acima do nível do mar, que se extendem por quase 11000 quilometros quadrados, e os filipinos referem-se a eles como a oitava maravilha do mundo. se os degraus fossem colocados lado a lado, cercariam metade do nosso planeta.


a plantação de arroz em terraços é uma das imagens mais confortantes e bonitas de olhar, e a planta dos arrozais é suave e agradável. a bela paisagem dos arrozais em terraços são, para o planeta, uma inestimável herança ecológica.

tanto lá como cá, as formas de plantio variam. elas bailam entre o cultivo irrigado em terraços abertos, feitos em montanhas íngremes, o plantio e colheita com as mãos em lavouras irrigadas com o auxílio de baldes, cuja produção por hectare ultrapassa a brasileira, e a nossa, totalmente mecanizada.

o nosso país é o 9º lugar na produção mundial de arroz irrigado, e está no rio grande do sul, 85% da produção nacional.

vamos à receita!!!
esta receita de arroz é a mesma que eu faço no dia a dia.

ingredientes:
1 xícara/chá de arroz parboilizado
1/2 xícara/chá de arroz integral
1 colher/sopa bem cheia do meu tempero - receita aqui!!!
1 colher/chá cheia de açafrão/cúrcuma
sal a gosto
2 colheres/sopa de óleo de girassol - porque é o que eu uso
4 1/2 xícaras de água

preparando:
ponha na panela os dois arrozes, a água, as 2 colheres de óleo, o açafrão, o meu tempero e o sal.
tampe a panela, deixe em fogo baixo.
quando a água estiver quase seca, retire a panela do fogo, embrulhe num pano e guarde no forno até a hora de servir.

abracadabra et, voilà!!!

sexta-feira, 29 de abril de 2016

tempero pra cozido, moqueca e ensopados

mais uma alquimia pra alegrar o estômago!!!

bata no liquidificador:
2 tomates grandes
1 cebola grande
2 pimentões verdes pequenos
1 maço de coentro
4 folhas de louro graúdas
2 colheres/chá de açafrão
2 colheres/chá de tempero baiano
1 colher/sopa rasa de orégano seco
1/2 xícara/chá de purê de tomate
1/2 xícara/chá de água



utilize ensopando carnes, no picadinho, no cozido, na carne moída, no molho de tomate pra moqueca, ...

abracadabra et, voilà!!!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

salada de arroz com legumes e nuggets

a culinária francesa é saborosa, diversificada, mas contém alguns ingredientes que desconhecemos. pra resolver isso, basta buscar substituições que, mesmo correndo o risco de não serem idênticas, podem levar a resultados semelhantes ou melhores.
o spigol, por exemplo, um dos ingredientes da receita de hoje, ele empresta a luz da cor amarela aos alimentos, serve para colorir a paella, ou para tornar fulgurantes, os molhos, as massas, o arroz, a mandioca, ...
o spigol é uma especiaria criada à base da aliança entre a pimenta doce, a curcuma e o açafrão mas pode, cá entre nós, ser substituída, simplesmente, pelo açafrão.
o spigol tem sua história a partir na argélia, em 1876 com antoine espig.

agora, bem informados, vamos à receita.

ingredientes:
500g de arroz - o arroz parboilizado é mais soltinho, mais ao dente, mais firme, mais apropriado
6g spigol - ou açafrão
legumes - abobrinha, ervilhas frescas, beringela, salsão, pepino, rabanete, cenoura cozida ou ralada crua, chuchu, pimentão, ervilha torta, vagem macarrão, brócolis, cogumelos, ... são algumas das sugestões, escolha ao seu gosto
500g de nuggets de frango
300g de muçarela cortada em cubos
tomates cereja
pó de curry para temperar
azeite de oliva extra virgem
1 cebola roxa picada
cebolinha picada
azeitonas pretas, picadas
salsinha picada
coalhada seca
preparando:
pique a cebola roxa e deixe numa vasilha, de molho, em água.
leve os nuggets ao forno e até que fiquem dourados.
cozinhe o arroz em água salgada no qual você coloca o spigol ou o açafrão, de modo que o arroz fique amarelo. depois de cozido, escorra o arroz e deixe esfriar.
corte em cubos pequenos, os legumes que escolheu, e cozinhe em água salgada, ao dente, respeitando o tempo de cozimento de cada um deles.
retire cada legume cozido da água e, com o auxílio de uma peneira, coloque-o na água fria corrente. reserve-os.
rale a cenoura, caso opte por ela desta forma.
misture o arroz bem escorrido e frio aos legumes, e junte os tomates cereja cortados ao meio.
escorra a cebola que estava de molho na água, e junte ao arroz.
tempere tudo com o curry em pó, a gosto ... não hesite quanto ao sabor e o gosto.
corte a muçarela em cubos pequenos e junte ao arroz, e aos legumes.
acrescente as azeitonas, a cebolinha e a salsinha.
regue com azeite de oliva.
espalhe sobre a salada os nuggets assados.
sirva a salada acompanhada pela coalhada seca.

c'est fini!!!

dependendo da ocasião, os nuggets podem ser substituídos por lascas de bacalhau devidamente tratado pra retirada do sal e das espinhas.

esta salada de arroz é perfeita para envolver as crianças. elas vão esperar para comer!!!

enfim, eu dou a idéia, você faz do seu jeito.

abracadabra et, voilà!!!
requeri/regina claudia

sábado, 2 de outubro de 2010

galinhada


tipicamente goiano - naquela região, ela é preparada num fogão de lenha, leva guariroba, uma espécie de palmito amargoso, e pequi - a galinhada é o prato amigo da cozinheira. a refeição do prato único.
prestar-se à produção de uma galinha é garantir um prato delicioso, completo, surpreendente, com muitos odores e sabores.
durante a confecção dessa comida boa e aromática, e depois que todos estão fartos, resta pouca louça pra lavar.
a base da galinhada, além da galinha, é arroz, vegetais, açafrão da terra, e muito tempero.
a receita serve 6 pessoas, sem parcimônia, mas pode ser reduzida.

na panela - grande
9 sobrecochas, sem pele, cortadas ao meio
1/2 copo de molho de soja
1/2 copo de pinga
1/2 copo de vinagre de limão
1 copo de água
açafrão da terra e ervas, quais desejar
coloque os ingredientes acima, em uma caçarola grande, e deixe cozinhar até secar o líquido

dando gosto
3 colheres de sopa, fartas, do meu tempero
1 tablete de caldo de galinha
1 tablete de caldo de costela
5 tomates, sem pele, cortados em pedaços grandes
5 pimentões verdes, cortados em pedaços grandes
2 cebolas cortadas em pedaços grandes
4 conchas de arroz
secando a água do frango, acrescente a ele, as 3 colheres do meu tempero e os 2 tabletes - galinha e costela. refogue.
coloque os pimentões, os tomates, as cebolas, incorpore tudo à galinha, mexendo com cuidado, e junte as 4 conchas de arroz, mecha cuidadosamente, misturando. cubra com água, mantenha o fogo baixo e espere o arroz cozinhar.

deite um fio de azeite extra virgem sobre ela, leve à mesa na própria panela, e sirva com farinha de mandioca, com tutu de feijão, com molho vinagrete, ou com nenhum acompanhamento.
galinhada, se basta!!!